Pesquisadores encontram solução simples e natural para a Candidíase

curar-candidiase-naturalmente-med-webO tratamento convencional para a candidíase é com remédios, mas muitas vezes isso não é o suficiente para curar a doença.

Os remédios e as pomadas para a candidíase só tratam manifestação mais visível da doença. As causas da candidíase estão relacionadas com o sistema imunológico e digestivo da pessoa. Se você quer eliminar de vez a doença, preste atenção.

Quando o sistema imune funciona bem o candida albicans não tem chance de se desenvolver em excesso. Assim você nunca mais vai ter problemas. Para prevenir ou eliminar a candidíase é necessário seguir alguns passos:

  • Dieta detox para a candidíase. Escolher alimentos que fortalecem o sistema imune e com propriedades antifúngicas mantém a flora intestinal em equilíbrio.
  • Praticar exercício físico para manter uma boa circulação sanguínea.
  • Eliminar o estresse para manter os hormônios de estresse baixos.

Vamos agora falar em detalhe sobre os alimentos a comer a evitar para não ter problemas com o candida albicans.

Como Fazer a Dieta para Eliminar a Candidíase?

Para eliminar a candidíase é necessário eliminar os alimentos que promovem o desenvolvimento do fungo e ingerir mais alimentos que fortalecem o sistema imune e destroem a candida.

De uma forma muito resumida: É necessário diminuir a ingestão de açúcares simples e carboidratos, óleos vegetais industrializados e aumentar o consumo de proteínas.

Por outras palavras: Eliminar alimentos de baixo valor nutricional e alto valor calórico; substituindo por alimentos de alta densidade nutricional.

Aqui estão alguns artigos para começar a dieta para eliminar a candidíase:

  • Alimentos sem restrição. Estes são os alimentos saudáveis que pode comer. Inclui uma lista de vegetais, fontes de pró bióticos, alimentos ricos em proteínas, cereais bons e maus, ervas aromáticas, óleos, chás e adoçantes.
  • Alimentos a evitar. Estes alimentos pioram a candidíase e você deve os eliminar a todo o custo. Incluem o consumo de álcool, refrigerantes, frutas, queijos, aditivos e conservantes alimentares, cereais e glúten, molhos e óleos vegetais.
  • Alimentos a reintroduzir depois de eliminar a candidíase. Depois de eliminar a candidíase com sucesso você pode reintroduzir alimentos na sua dieta. Estes incluem alguns tipos de feijão, vegetais com mais carboidratos e frutas.

Super Alimentos Contra a Candidíase

Existem várias coisas que pode fazer para tratar a candidíase e evitar a recorrência. Neste artigo vou falar de alguns alimentos que ajudam a manter o candida albicans controlado e a sua pele saudável.

Óleo de Coco – Ácido Caprílico e Ácido Láurico

O óleo de coco é um bom remédio natural contra a candidíase e é um dos antifúngicos mais potentes que existem. Este óleo contém ácido láurico e ácido caprílico – os dois impedem o crescimento excessivo do candida albicans e fortalecem o sistema imunológico.

O óleo de coco é estável a altas temperaturas, por isso é ideal para fritar e cozinhar. Ele também é barato e tem uma validade mais longa que outros óleos. Pode tomar 2 a 3 colheres por dia.

Alho

O alho tem capacidades antifúngicas para atacar a candidíase, enquanto mantém e fortalece as bactérias boas do sistema digestivo. O alho estimula o funcionamento do fígado e do cólon, dando um efeito detox.

Se você gosta de alho pode usar a quantidade que quiser para dar sabor à comida. Também pode tomar 2 a 4 dentes de alho esmagados e misturados em água – como se fosse um tônico anti-candidíase. Evite tomar esta bebida num estômago completamente vazio e experimente com uma colher de óleo de coco para diminuir o ardor no estômago.

Cebola

A cebola tem propriedades antifúngicas, antibacterianas e antiparasitárias. As cebolas também ajudam a perder os fluidos em excesso do corpo. Isto é útil porque muitos pacientes com candidíase têm retenção de líquidos.

A cebola juntamente com o alho pode dar um mau hálito, por isso convém comer os dois com um pouco de salsa para cortar o cheiro.

Algas

As algas marinhas são alimentos com uma alta densidade nutricional e ajudam o organismo a se curar e a lutar contra a candidíase. São ricas em iodo que ajuda a balancear a glândula da tiroide – muitas pacientes com candidíase sofrem de hipotireoidismo e dos seus sintomas.

As algas marinhas lavam e desintoxicam o corpo de metais pesados, limpam o trato intestinal e ajudam a equilibrar os níveis de pH para um estado mais alcalino.

Os suplementos de extratos de algas são uma das melhores fontes de iodo, mas também pode tentar comer diferentes tipos de algas.

Amêndoas

As amêndoas podem ser um dos alimentos mais fáceis e saudáveis de comer no combate à candidíase. Tenha sempre algumas por perto para combater a tentação de comer coisas doces enquanto está fora de casa.

As amêndoas têm propriedades prebióticas que promovem o desenvolvimento de bactérias benignas no intestino. Ao contrário de outras sementes e produtos animais as amêndoas são uma excelente fonte alcalina de proteínas. Algumas pessoas têm dificuldade em digerir as amêndoas, se for o caso tente por de molho as amêndoas. Deixe-as em água durante a noite ou durante 8 horas.

Gengibre

O gengibre tem um efeito detox através do aumento da circulação e da desintoxicação do fígado e também estimula o sistema imunológico. Tem um efeito positivo no sistema digestivo e ajuda a reduzir os gases intestinais. Também tem um efeito calmante nas inflamações que a candidíase pode causar no trato intestinal.

O chá de gengibre é muito fácil de fazer. Estes são os ingredientes:

  • 1 pedaço de 2 a 3 centímetros de raiz de gengibre
  • ¼ de limão
  • ½ litro de água

O modo de preparação também é simples. Corte a pele do gengibre, esmigalhe o gengibre e meta na água a ferver. Deixe a ferver durante 20 minutos. Sirva com uma rodela de limão.

Azeite de Oliva

O azeite de oliva contém oleuropeína, que pode ser encontrado tanto no azeite de oliva como no extrato de folha de oliveira.

A oleuropeína tem grandes propriedades antifúngicas e estimula o sistema imunológico a lutar contra a candidíase. Também ajuda a estabilizar os níveis de açúcar no sangue – isto é muito importante para os pacientes com candidíase porque o açúcar alimenta o crescimento acelerado de fungos.

Sumo de Limão e de Lima

O sumo de limão e de lima ajuda a criar um nível de pH mais alcalino – o que ajuda a prevenir e a reduzir o crescimento acelerado da candidíase.

Também estimula os movimentos peristálticos do cólon, aumentado a eficiência do sistema digestivo.

Os limões ou as limas são boas frutas para dar sabor aos vegetais, peixe e carnes.

Sementes de Abóbora

As sementes de abóbora têm muitos ácidos graxos ômega 3 com propriedades antifúngicas, anti-virais e anti parasíticas. O ômega 3 ajuda a combater a depressão e os sintomas de inflamação da candidíase como a dor e os problemas de pele.

A maioria das pessoas não ingere uma quantidade suficiente de ômega 3 para manter a tiroide saudável. Deficiências deste ácido graxo estão ligadas a problemas dos hormônios da tiroide. Para ingerir mais ômega 3 adicione estas sementes aos batidos, saladas ou pode comer as sementes como um lanche.

Além da falta de ômega 3 é importante ter a proporção certa entre ômega 3 e ômega 6.

Pimenta Caiana

A pimenta caiana dá um suporte natural ao sistema digestivo e imunológico. Ajuda a digerir os alimentos e diminui a prisão de ventre através da limpeza do fungo da candidíase e de outras toxinas. A caiana também aumenta o metabolismo e a circulação, o que em torno ajuda a reduzir a fadiga (um dos sintomas da candidíase mais comuns). Utilize a pimenta caiana à vontade para apimentar os seus alimentos favoritos.